Participante do Busão do Brasil já fez vídeo erótico

A Band divulgou na manhã desta sexta-feira (30), os participantes do reality show Busão do Brasil, que será exibido pela emissora durante três meses.

Para esta primeira edição, 24 jovens das mais diferentes profissões participantes foram escolhidos e a seleção contou em sua maioria com modelos.

Graças à uma leitora desta coluna, um dos participantes promete polemizar a atração no canal dos Saad. O fortão Julio, de 28 anos, que foi apresentado pela emissora como GogoBoy e Barman não verá nenhum problema em mostrar as partes mais íntimas na frente das câmeras.

Para quem não entendeu nada, Julio fez anos atrás um ensaio nu para o site gay Bang Bang Boys e protagonizou um vídeo onde tira a roupa e simula masturbação em uma mesa de snooker.

Se o rapaz for tão desinibido quanto no vídeo não tenha dúvida que o programa sai do ar na primeira exibição…

Fonte: Thiago Rocha

Reynaldo Gianechini resolveu se tratar com a medicina colombiana?

Reynaldo Gianechini ficou amigo de um estudante de medicina colombiano, chamado Felipe, durante festa da Gambiarra, no Rio.

E o estudante não guardou segredo.

Os dois teriam combinado de jantar nesta quarta (28), mas teria de ser cedo, por volta de 19h, pois o ator iria gravar cenas da novela Passione mais tarde.

Na festa, Gianecchini estava com algumas amigas.

No domingo, ele e Felipe se falaram e o jantar foi marcado no apartamento do ator, na Gávea.

Só que tudo foi adiado porque o galã não conseguiu conciliar os horários da gravação.

Fonte: Fabíola Reipert.

Thiago Lacerda beijando um homem

Thiago Lacerda dá beijo gay na peça de teatro CalígulaO ator Thiago Lacerda, que interpreta o personagem título, comentou com os jornalistas sobre a conduta homossexual do imperador romano. Em cena, Thiago protagoniza um beijo gay com o ator Pedro Henrique Moutinho.

“O preconceito de cara é um tema que devemos lutar contra. Não cabe mais, em pleno século XXI, esse tipo de conduta. A história do Calígula se passa numa Roma que não tem a sexualidade definida ou padronizada. São homossexuais, bissexuais, tudo está valendo. O nosso texto, sofreu um certo preconceito. Sou de uma geração que via o Calígula como um personagem da pornografia, e isso não é verdade. Falamos de uma forma mais intelectual sobre esse perfil e abordamos questões sociais.”

Fonte: Ego